A saúde em suas mãos

A medicina natural parte do princípio de que o corpo é um artefato da Natureza, feito dos mesmos elementos que compõem a biosfera terrestre.

A mesma água que corre nos rios e deságua no mar, corre nas veias e deságua no coração. Os mesmos sais minerais que dão dureza à uma rocha, estão presentes no esqueleto, firmando a estrutura muscular. O calor que aquece o corpo para a temperatura ideal da homeostase é o mesmo fogo que arde no sol e no núcleo da Terra. E o vento que sopra e movimenta as nuvens é o mesmo que se inspira e expira nos pulmões, movimentando as funções vitais. Água, terra, fogo e ar – elementos presentes em cada forma de vida.

O corpo é um jardim biológico, uma complexa máquina que é o veículo temporário do Ser, da consciência, do Espírito. É um veículo que lhe permite sentir, ver, ouvir e degustar a experiência da vida na terra. Um dia nele você nasceu, e um dia o devolverá à Terra, para que seja reciclado e decomposto em matéria-prima novamente. Embora seja muito comum se confundir com o veículo, você é, na verdade, um habitante do corpo. Compreender isso é o fundamento deste estudo.

Como habitante do corpo, você deve zelar por sua integridade, e ajudá-lo no que for possível para que este manifeste a sua programação básica: Saúde. Tudo o que vive tem um mecanismo de sobrevivência, e o seu corpo é biologicamente programado para adaptar-se constantemente na manifestação desse estado de equilíbrio. Saúde é bem-estar, é estar confortável dentro do próprio corpo. A Saúde é tão confortável que é invisível.

Já o que chamamos de doença é um desequilíbrio. E o desequilíbrio sempre se faz notar através de dor, sofrimento ou desconforto, para que você o perceba e o auxilie em sua correção e volte ao conforto. A doença é uma mensagem do corpo pedindo cuidados, pedindo um ajuste e uma mudança no estilo de vida.

É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR

Outro princípio da medicina natural é o de que é sempre melhor prevenir do que remediar. Na verdade, não é apenas melhor. É melhor, mais econômico, mais efetivo e mais confortável prevenir do que remediar. E menos doloroso também.

Sendo assim, a medicina natural sugere que você, como zelador de seu corpo, tome para si a tarefa de cuidar de si próprio, e que aceite o fato de que é uma responsabilidade sua cuidar do próprio jardim. A medicina natural sugere que você estude e elabore um Plano de Saúde pessoal.

Muitos não percebem que são os responsáveis pelo próprio bem-estar, e acreditam que pagando um valor mensal para uma empresa estarão seguros e em caso de doença estarão “garantidos”. Ora, isso que é normalmente chamado de “plano de saúde” é, na verdade, um seguro-doença. Médicos e hospitais existem para emergências, acidentes e imprevistos – mas não lhe auxiliam na manutenção diária de sua saúde pessoal. Regar o próprio jardim com os cuidados necessários é tarefa pessoal e intransferível.

Um médico, diria Hipócrates (o pai da medicina ocidental), tem como tarefa primária educar o indivíduo a cuidar de si próprio. Qualquer tratamento deve ser precedido de um equilíbrio no estilo de vida. O foco deve ser sempre em construir e fortalecer a saúde, para que as doenças não encontrem no corpo condições para sua manifestação. Um sistema imune forte é muito mais eficiente em prevenir e tratar doenças do que qualquer remédio ou tratamento.

ESTRATÉGIAS PARA A SAÚDE

Dessa forma, a atenção prática de alguém que valoriza a qualidade de vida e que procura passar uma existência plena, com o mínimo possível de desequilíbrios deve ser focada em dois pontos:

1 – Nutrição: oferecer ao corpo tudo aquilo que ele precisa

Ar puro, água pura, contato com a Natureza, luz do sol na pele, atividade física, repouso adequado, afeto… e, claro, uma alimentação adequada. O corpo precisa ter acesso à prosperidade nutricional – ou seja, ter à sua disposição toda a matéria prima de que necessita para construir-se e fortalecer-se. Alimentos ricos, puros, de fácil assimilação, que ofereçam ao corpo substâncias que o auxiliam em suas funções. Proteína completa, óleos saudáveis essenciais, vitaminas, sais minerais, antioxidantes, substâncias protetoras diversas oferecidas pela própria Natureza para o sucesso da Vida.

Assim, além de estudar para conhecer as melhores opções do que comer, de como preparar uma dieta que se ajuste ao seu metabolismo pessoal e estilo de vida único, é também importante compreender que mexer o corpo, descansar, receber afeto e visitar redutos de Natureza intocada também fazem parte do conjunto de necessidades da Saúde. Estar atento para que nada falte é uma tarefa do zelador.

2 – Desintoxicação: evitar expor o corpo àquilo que ele tem dificuldade em processar.

Tudo aquilo que polui a natureza também polui o corpo. É similar jogar plástico no rio e comer uma gordura hidrogenada, cuja composição molecular é tão semelhante à do plástico. Químicos artificiais, resíduos de pesticidas, poluição ambiental, resíduos metabólicos… o ideal é organizar a própria vida para evitar o contato com determinadas circunstâncias que cobram um preço e dificultam o trabalho do corpo de manifestar a Saúde.

Aqui também se inclui a importância de, periodicamente, realizar uma faxina corporal – uma rotina de desintoxicação. Um conjunto de práticas que auxiliam o corpo a remover de sua estrutura restos acumulados. Manter a casa limpa é também uma tarefa do zelador.

EM SUAS MÃOS

É um fato que assumir a responsabilidade pela própria saúde é o primeiro passo para cultivá-la. Acredite: ninguém pode fazer isso por você. É seu dever desenvolver o conhecimento e experimentar com as possibilidades para conhecer o que te faz bem e o que te faz mal. Saber discernir um do outro é o primeiro passo para escolher com sabedoria.

Os desafios neste caminho são inúmeros. Um sábio disse certa vez que é mais fácil mudar a religião de um homem do que sua alimentação. É verdade. Mesmo assim, confrontar e ir aos poucos vencendo esse desafio é algo que enriquece a visão de mundo e fortalece a vontade. Idealmente, um caminho de evolução dos próprios hábitos alimentares deve ser iniciado com uma meta mais elevada do que perder peso, ficar mais atraente, melhorar os resultados no exame de sangue. Isso é bem-vindo, mas vem como consequência. A meta real é o desenvolvimento da plenitude da própria vida, e a soberania sobre si próprio.

Dominar o sentido do paladar é um importante passo para quem quer dominar seus impulsos, vencer os vícios e tornar-se senhor da própria vida, senhor das próprias escolhas. Quem consegue escolher a qualidade de seu alimento tem mais facilidade para escolher os próprios pensamentos.

A qualidade de suas escolhas determina a qualidade de sua vida. Assim como a mente é construída a partir do que recebe como informação – leituras, conversas, experiências – o corpo também é feito da matéria prima que recebe como nutrição.

Estamos aqui para te ajudar em seu caminho. Mas a escolha é sua e está em suas mãos.

FLÁVIO PASSOS Pesquisador, apresentador, palestrante e fundador da Puravida www.flaviopassos.com
Voltar

Compartilhe com seus amigos

1 Comentario(s)

Maria Christina Bittencourt Lima disse:

Excelente texto. Sempre é bom ler textos que estimulem a busca da boa saúde.

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Beleza

Saúde