O momento que vivemos

Estamos atravessando um período de transição. E sempre quando mudanças ocorrem, existe um caos, antes das coisas evoluirem e encontrarem seus lugares. Apesar de toda confusão esse é um momento de luz.
E sempre que as coisas se iluminam, num primeiro momento, a gente vê a desordem e a sujeira. Fica claro tudo o que está quebrado, fora de lugar, em má condição, o abandono, o descaso, a pior verdade aparece quando a gente acende a luz.

Aparecem coisas terríveis que você nem imaginava que existiam. Porque elas estavam escondidas pela escuridão.
A sociedade está mais iluminada. Isso é o que está acontecendo. E por isso tudo começa a ficar exposto, mostra sua cara, seu sofrimento, dor, loucura.
A distorção fica clara, o erro fica visível.
As mentiras e ilusões se tornam muito mais fáceis de detectar, e tudo isso, evidentemente, provoca mais confusão, situações mais caóticas, novos momentos mais difíceis de lidar, porque ninguém estava preparado para o surgimento de tanta clareza.
Junto com essas verdades, no rodamoinho de tudo, as pessoas se defendem como podem. As pessoas, por diversas razões, querem provocar mais caos, criar notícias falsas, espalhar mais desordem, querem mais explosões, mais confrontos. E surge o radicalismo, o fanatismo, o ódio, a violência irracional, a polarização, atitudes extremas que provocam reações extremas.
Essa nova vibração do planeta deixa consequências, pessoas mais nervosas, doentes, estressadas, tensas, deprimidas.
Tudo faz parte de um processo de limpeza, de expurgo, como uma ferida exposta, que de repente jorra seu pior e finalmente caminha para a cura.
Mas esse mesmo momento do nosso planeta, também tem seu oposto.
A força dessa luz que ilumina tudo o que estamos vendo, nos traz mais entendimento, nos faz compreender a forma como a vida pode se apresentar. É hora de fazermos nossas escolhas e caminhar para alcançar o sublime, o divino, a luz de Deus.
É um instante de grande movimento. Diante das revelações, as pessoas precisam mudar física e espiritualmente. Precisam rever valores, organizar tudo o que está em volta, desde seu quarto, casa, relações, trabalho, amizades, amor, sentimentos e separar o que faz bem de tudo o que faz mal.
Assim começa o caminho para a consciência, e quanto mais a gente arruma e se conscientiza, mais vai receber luz.

Essa mudança é inevitável. De todas as emoções negativas acumuladas, de todos os medos, tudo o que saiu dos trilhos, foi deixado sem resolver, tudo o que se transformou em ansiedade e angústia, se tornou dor física, doença diagnosticada com um nome qualquer, todo o pó, o lixo, a sujeira que ficou anos parada, na nossa alma, na nossa psique, e que agora precisa ser limpa.
Vivemos essa nova vibração planetária para evoluir e resolver. Vamos nos elevar para um campo melhor, mais sábio e ordenado.
Vamos segurar esse processo intenso, que não parece visível, mas que é preciso ser desvendado com o coração.

Cada um de nós com suas escolhas vai criar um tipo de realidade. Vai experienciar coisas que precisa para seu crescimento e processo evolutivo.
Cada um vem de um tipo de escuridão e vai despertar conforme as questões que enfrenta.
A humanidade para grandes mudanças, as maiores de todos os tempos. Estamos acompanhando essas mudanças e cada um de nós é um agente de transformação da sua vida. Todos juntos formamos uma nova consciência mais iluminada.

Voltar

Compartilhe com seus amigos

2 Comentario(s)

Anna Lia disse:

Amei esse texto, Bruna <3

Christina disse:

Texto que apresenta de forma bem concreta o contexto atual relacionado as necessidades interiores humana. Adorei le_lo logo após acordar. Continue a postar textos maravilhosos assim.

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *