O presente do tempo

O tempo é o maior presente que a gente recebe nessa vida. Dura a extensão da nossa própria vida por aqui, nessa passagem. Ele é tão precioso que não devia nunca ser desperdiçado. Mas em geral a gente não lembra disso, especialmente naquela fase em que parece que temos todo tempo do mundo pela frente. E nos damos ao luxo de jogar tempo fora com bobagens, com besteiras, acreditando que tudo é eterno.

O bom é que com mais vivência, a gente entende que de certa forma tudo serviu, tudo somou e virou experiência, mas a partir de agora é bom cuidar melhor desse presente tão valioso.

É bom escolher coisas que realmente significam, amigos que importam de verdade, tudo o que tem valor e não tem preço.

A partir de agora é bom prestar atenção nas coisas mínimas, aquelas que parecem desimportantes, mas que são transformadoras, que alimentam e renovam nosso espírito, nossa mente e nossa emoção.

A partir de agora ser verdadeiro é primordial, ser sincero é uma libertação, ser você mesmo é a melhor conquista.

Voltar

Compartilhe com seus amigos

0 Comentario(s)

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado.