Mulheres Fortes

Mulheres fortes não desistem. Podem precisar de uma pausa, um choro sentido, de dar um jeito no cabelo num dia daqueles, tomar um café com bolo no fim da tarde. Podem precisar de chocolate ou de uma garrafa de vinho, de um bichinho pra chamar de seu, de alguém que a entenda, podem precisar desabafar com uma amiga, podem até precisar de um dia inteiro na cama, mas nunca desistem.

Se você se identificou com algum desses momentos, o que você precisa agora é ouvir uma música que você sempre adorou, mas não escuta faz tempo. Você precisa de um livro que te faça bem porque certas palavras aquecem o coração da gente.

Você pode estar precisando daquele SOS de cuidados especiais: um banho quente, um bom creme no corpo, massageando pés e pernas, um perfume antes de dormir, um óleo de lavanda nas têmporas e bons sonhos.

Você merece um upgrade psicológico e tá na hora de se livrar das coisas que não te traduzem mais. Limpe seu armário e fique só com aquilo que você adora. Afinal, quantas roupas você usou durante essa pandemia?

Se você não imaginou que ia ficar tão ocupada nesse isolamento, descanse sempre que der. Se você nunca pensou que ia curtir seus cabelos grisalhos, sorria com humor pro espelho e passe baton em casa, porque quando sair de máscara, não precisa.

Tenha plantas pra cuidar, arrume pequenas flores num vaso. Tente fazer um biscoito de aveia que você nunca fez, um desenho pra colorir, uma cerâmica, um patch work, bordado.

Você tá aprendendo a ser feliz sozinha? Bem vinda ao clube.

Nessa altura da vida você já descobriu que são as pequenas coisas, as mais singelas que fazem a gente feliz.

O verbo da felicidade não é eu quero, é eu agradeço.
Existe uma fronteira vibracional que a gente ultrapassa quando emana gratidão. A gente entra num portal e nesse novo campo, nesse novo plano, a gente acaba criando um magnetismo com as coisas que queremos. São leis simples, mas de difícil aplicação.

Andamos muito distraídos com com as coisas que nos atraem e acabamos não atraindo as coisas que nos importam.
No fundo, acabamos nos traindo.

Traindo nossa alma que quer brincar solta, quando todas as prisões em volta a querem fechada em seus compartimentos.

Traindo nosso espírito que quer correr livre, acima das convenções e de tantas regras que querem nos classificar.

Traindo o imenso desejo de amor, por ter medo de tantas ciladas que se apresentam na vida, de tantas decepções. E porque tantas vezes machucamos nosso coração.

Traindo aquela criança que veio cheia de alegria pro mundo, pronta pra descobrir a vida.

Mas a esperança sempre está presente no nosso horizonte. Mesmo nos dias nebulosos, em que o horizonte não se vê e a esperança não se mostra.

Esperança não significa uma espera parada, mas aprender a preparar sua ação, durante os tempos de espera.

Mulheres fortes não desistem nunca, mesmo que às vezes a pausa pareça uma desistência. Mas não é. Nunca é. A pausa é uma preparação.

Mulheres se preparem para transformar cada momento numa benção.

Voltar

Compartilhe com seus amigos

6 Comentario(s)

Elsa Parente disse:

Maravilhoso. Amo você. Bruna me inspira. Gratidão.

Cristina Elizabete disse:

Nossa, muito obrigada bruninha por tão belas palavras. Vc nos da coragem

Gisele Vissoci Marquini disse:

Grata pela naturalidade e realidade do texto!

Ana Lucia disse:

Muito bom Bruna…obrigada por dividir conosco.

Marcia Regina Correa De Moura disse:

Bruna vc é um sonho de pessoa obrigada pelas palavras lindas e edificantes 🤗👏👏🙏😘

Edna disse:

Maravilhoso! Grata por tão profundas palavras

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *