Escolha sua maneira de ser feliz

Aristoteles constatou que o objetivo final do ser humano é ser feliz.

O ponto é: cada ser humano tem uma idéia diversa do que é felicidade.    Todos identificam que viver bem ou ser bem sucedido ajuda a ser feliz mas, o que é viver bem? O que é ser bem sucedido?    Nem todos compreendem isso de maneira semelhante, cada interpreta esse conceito de um jeito.

Tolstói abre seu romance Anna Karenina dizendo “Todas as famílias felizes se parecem entre si; as infelizes são infelizes cada uma à sua maneira”. A frase é maravilhosa assim como o romance, um dos maiores da literatura de todos os tempos.

Mas talvez hoje, nessa complexa trama de sentimentos expostos de todas as maneiras em todas as mídias, a gente compreenda que até mesmo a noção de felicidade é absolutamente individual. Mesmo que grupos se formem cada um com seu conceito, o íntimo de um ser é único, como sua impressão digital, sua íris e os batimentos de seu coração. Cada tem a sua história. E baseado nas impressões dessa história vai conceber sua própria felicidade de um jeito, ou vai fugir dela.

Quantos de nós, sem perceber, somos capazes de sabotar nossa vida, sabotar a alegria que podemos ter, talvez achando que não a merecemos?

Quantos duvidam de si mesmos, da sua competência, das suas idéias, da sua capacidade de escolher e de escrever sua própria história? E de protagonizar essa história? De descobrir todo o seu potencial?

Estamos acostumados a nos encolher, cada um por suas razões.    Alguns podem de repente ter uma explosão de todos os sentimentos que reprimiram, mas essas reações não ajudam a buscar plenitude.

Trabalhar com a Rede Felicidade, ler e escutar pessoas, me mostra a cada dia a importância e a necessidade de se conhecer e decifrar a si mesmo.    Criar sua escala de valores e seguir seu senso de ética. Sem essa espinha dorsal, essa diretriz interna, seremos eternamente jogados na enxurrada de propostas e ofertas dos anúncios luminosos de uma felicidade que não existe.

Quando não a cultivamos dentro de nós, no nosso íntimo, cada pequeno ou grande acontecimento pode nos derrubar.    Cada mudança pode inverter nossas melhores sensações e trazer descontentamento, mal estar permanente, uma lista infindável de frustrações e decepções, uma voz contínua de reclamações e uma nuvem escura de pensamentos negativos.

Quanto bate aquele vento da ansiedade, quantos de nós ele carrega? Quem preparou um lugar para se segurar?

Os vendavais virão, assim como as tempestades. Nenhuma noite é eterna e a gente atravessa todas com a certeza da aurora.

Cada um de nós vai ter momentos felizes e infelizes à sua maneira, com ou sem sua família, adaptado à novas circunstâncias e valores, compreendendo que nesse novo milênio a principal felicidade que precisamos ter é a da compaixão, da empatia, do extraordinário prazer de poder fazer alguma coisa por alguém, começando por nós mesmos.

Por favor, não leia isso como um clichê, mas a escolha do bem é o único caminho possível    para uma jornada feliz.

Seja tudo o que você pode ser, à sua maneira.

Voltar

Compartilhe com seus amigos

3 Comentario(s)

Cinthya Santos disse:

Bom dia Bruna, eu creio que nossa maior dificuldade emocional é de pensar que buscar a felicidade é-nesta atual sociedade – um sentimento efêmero e de pouco valor. Os relacionamentos andam carregados de ressentimentos e cobranças e o perdão fica guardado no coração e não conseguimos partilha-lo. As notícias e imagens ruins contaminam os bons pensamentos. Mas como você, acredito que FAZER O BEM ainda é o melhor caminho pra buscar nossa real felicidade👍

Verdade disse:

Não importa o quanto queremos ser médica (o) o importante é estudar o suficiente para merecer ser. A medicina exige empatia, humanização,estudo,foco,amor,dedicação,disciplina…A enfermeira (o) conta com o técnico de enfermagem e Nutricionista com o técnico de nutrição.
Ninguém faz nada sem autorização da médica (o). Ou seja hierarquia prevalece sempre.

DULCILENE SANTOS disse:

UM OLHAR PARA O DESPERTAR DE CADA UM.👏🏼 EXCELENTE 🙂🌻💙⭐

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado.