O "eu" que Conflita e o "Eu" que Perdoa!

Na Filosofia Seicho-No-Ie diz-se que ser Tolerante ou ser Condescendente não significa estar em Harmonia do Fundo do Coração e é Verdade.

Já ouviu a expressão: “Perdôo mas não esqueço”? Obviamente que trata-se de uma declaração de tolerância e não da dissipação da energia aprisionadora!

Os que apenas toleram não são diferentes dos que vibram e semeiam discórdias e mágoas, reverberando seus efeitos no corpo físico, na densidade mental e na propagação desta energia Ilusória na mente coletiva tão necessitada de Luz!

O Ego acarreta danos muitas vezes irreparáveis. Exercitar o desprendimento, a empatia de tentar entender o ponto de vista do outro, requer uma dose cavalar de sensibilização, de humildade e de abertura para a compreensão daquilo que não se quis ou não se pode mesmo compreender.

Este caminho se desperta sob a ótica Essencial, jamais sob a ótica dos acontecimentos (fenomênica). É lá no lugar do Uno, de nossa Unidade Divina que daremos conta de entender os padrões Vibratórios com os quais sintonizamos e que nos acarretaram determinados Infortúnios.

É lá naquele lugar de Visão, de Percepção pura e desarmada que entenderemos tratar-se apenas de uma Ópera no Teatro da Vida e que apenas os Personagens se feriram não os Atores em sí!

É impossível que o Eu Divino que Somos, seja maculado por sentimentos incondizentes com a sua Natureza de Amor e Harmonia Infinita!

Conscientizar a Vida Verdadeira que se aloja em nosso Interior que compreende e perdoa 70×7, não é ser fraco, pelo contrário é exercer o Poder Imensurável do Amor que tudo reestabelece , que tudo equilibra e tudo Cura!

O Amor supera o Castigo, o desejo de punições e autopunições; o Amor não condiciona, tão pouco é vaidoso; o Amor não reconhece culpados ou inocentes pois não reconhece dualidades, antagonismos, apenas a Unidade do Ser !

Deixe de lado a necessidade de você conceder ou não o Perdão e também o receio de não ser merecedor da compreensão e perdão de alguém! Concentre-se mentalmente, nos seus momentos mais intimos com Deus em pedir-lhe para abrir seu Coração, deixar fluir os seus mais verdadeiros sentimentos juntamente com a Sabedoria necessária para ressignificar os acontecimentos e à partir daí, retome sua Vida ! Volte a Ser!

Lembre-se: Eu recebo, Eu Acolho, Eu Integro, Eu Perdôo, Eu Amo, Eu Liberto. Note-se que não é o “eu” mas antes a sua Verdadeira Existência “Eu”quem assim se Manifesta!

A propósito Eu Te Amo e quero Muito Te ver Sorrir, de Bem e em Paz com a Vida, tá Bom? Rss

Namastê

 

Gilberto Lima Jr Internacionalista, meditador, empreendedor dos segmentos de Inteligência Artificial, Automação, Blockchain e Biotecnologia glima06@gmail.com / @gilbertonamastech
Voltar

Compartilhe com seus amigos

1 Comentario(s)

Silvana Gomes da Silva disse:

Quero fazer parte

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Jornadas de Conhecimento