Dinheiro não traz felicidade

Dinheiro é um tabu. Falar dele é desconfortante, agride e nos expõe. E não importa se temos muito ou pouco. Ele não é um tema fácil para ninguém. Isso é tão verdade que a incerteza do futuro financeiro é citada como o terceiro maior medo da humanidade. Só perde para o medo de morrer e o de falar em público, segundo um estudo de uma universidade americana.

Mas a questão é: dinheiro traz felicidade? Definitivamente não. Ele não é capaz de comprar um tempo a mais com a família, um nível de colesterol mais baixo ou um grande amor. Mas ele pode te proporcionar a tranquilidade necessária para que tenha mais tempo de qualidade com a família, sem a preocupação dos boletos em atraso que tem de pagar. Pode também te dar acesso a um plano de saúde que permita que sua saúde seja cuidada preventivamente, e que você cultive o amor a dois por opção e não pela dependência compulsória causada pela falta do dinheiro.

Gostemos ou não o dinheiro é um bem necessário. Ele serve para realizar projetos de vida. É um alicerce e um meio hábil de concretizar sonhos. Ele pode nos proporcionar independência e liberdade. Mas ele é também um bem escasso, finito, e por isso precisa ser zelado e preservado, e nossa relação com ele precisa ser cada vez menos constrangedora.

Vale entender que quando falo de independência financeira, estou me referindo ao poder de escolha. Ao poder de ser livre para decidir de forma autônoma o estilo de vida que mais combina com as nossas aspirações. Ao poder escolher a forma de consumir e de optar pelo luxo de uma vida simples e descomplicada.

Serão esses e outros conceitos que trarei para você aqui na Rede Felicidade. Estarei aqui para te mostrar que é possível ter uma relação saudável com o dinheiro, sem culpa, sem tabu e sem complicação. Que ele, de certo, não te trará felicidade, mas te dará a tranquilidade de escolher o que te faz mais feliz.

Um beijo da Ana.

Ana Leoni Educação Financeira e Marketing de Comportamento @dinheiro_com_atitude

Voltar

Compartilhe com seus amigos

4 Comentario(s)

Maria Christina disse:

Acho que o dinheiro é primordial na vida das pessoas, porque sem ele não somos nada. Não podemos fazer nada sem ele.

Maria Angelica Ferreira Dias Magalhães disse:

O dinheiro pode trazer uma estabilidade para a familia.A felicidade é fugaz,são momentos transitórios do ser humano aliada aos desejos,às conquistas ao bem estar,a felicidade ñ é um caminho é o caminhar.

Rafael Farias disse:

Traz SIM
O Dinheiro é o responsavel por nós termos as nossas coisas !!

Heloisa disse:

Extremamente pertinente a questão do dinheiro na vida das pessoas…todo mundo corre atras dele…numa intranquilidade absurda…e quando o tem em excesso…é outra preocupaçao…definitivamente o homem precisa aprender acolocar o dinheiro no lugar certo e usufruir da tranquilidade e paz que a VIDA EM ABUNDÂNCIA nos oferece sempre!…

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Blog da Bruna