Tempere sua vida

Quando falamos em o alimento sendo o seu remédio, a primeira coisa que me vem à mente são as propriedades nutracêuticas das ervas e especiarias. O uso dos temperos é algo milenar. Estive recentemente em Marrakesh (Marrocos) e me encantei com o uso e abuso das especiarias utilizadas na culinária local. Em uma mistura para utilizar em carnes e tagines, são necessárias nada mais nada menos que 34 tipos diferentes de especiarias. Os indianos não ficam para trás com seus tipos de masalas e curry, cada um único e com finalidades específicas. Dizem que cada família faz o seu próprio masala! Uma vez em nossa história, as especiarias já foram as moedas de troca, valendo fortunas. Um punhado de cardamomo equivalia ao salário anual de um escravo. As especiarias eram, desde sempre, consideradas o ouro das Índias. A canela, o gengibre, o cravo, a pimenta e o açafrão eram produtos difíceis de obter, pelos quais se esperavam caravanas e mercadores experientes vindos do Oriente. Vinham dos mercados de Veneza e Genova e só então eram espalhadas para toda a Europa, mas com seu custo acrescido imensamente, e sem chegada garantida.

No Brasil, no entanto, não fomos tão aventureiros assim, até por falta de conhecimento, aproveitamos muito pouco dessas ervas e especiarias com propriedades terapêuticas. Resumimos os nossos temperos ao sal, cebola, alho, louro, salsinha, cebolinha, orégano, e às vezes, manjericão e alecrim. Dependendo da localidade usam mais ou menos pimenta e o coentro.

Mas, o que dizer da canela, tomilho, estragão, anis-estrelado, gengibre, noz-moscada, cúrcuma, páprica doce, páprica picante, pimenta Jamaicana, endro, cravo, cominho em pó e sementes, coentro em sementes, nigela, cardamomo, zimbro, hortelã-pimenta, e uma infinidade de tantas outras ervas e especiarias incríveis? Um simples arroz-feijão se tornará um prato completamente novo, e ainda, muito mais saudável. Muitos medicamentos são feitos com base em plantas, ervas e especiarias, então, porque não ir direto à fonte e tomar a sua dose de “saúde” no seu prato do dia a dia?

Talvez seja desafiador iniciar, experimentar o novo, porém, a recompensa é imensa, não só para seu paladar como para a sua saúde. Comece por comprar esses temperos naturais prontos que já foram elaborados com todo o cuidado e sinergia para que você não precise ter cada uma das ervas e especiarias separadamente em sua cozinha. Lembre-se, no entanto, de escolher os totalmente naturais, sem umectantes, sem aditivos ou corantes, sem conservantes ou aromas naturais, e principalmente, sem glutamato monossódico, por favor. A partir daí, criará mais coragem para usar individualmente as ervas e especiarias em suas criações.

Tenho a forte convicção que esse é um caminho sem volta. Irá se apaixonar com tantas possibilidades, experimentará alimentos que não faziam parte de sua alimentação, começará a ter novos hábitos mais saudáveis e comerá mais verduras, hortaliças e legumes. Além do prazer em comer, entenderá que está fazendo um grande favor à sua saúde, com doses diárias de “remédios naturais”. Comece agora mesmo. Experimente o novo, tente, inove, tempere a sua vida!

Saúde a todos,

Marcelo Facini Consultor em gastronomia funcional Instagram: marcelofacini

Voltar

Compartilhe com seus amigos

0 Comentario(s)

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Beleza

Saúde