Conhece a deusa da Discórdia?

Na mitologia grega Éris é conhecida como a deusa da discórdia, em tudo o que toca ou participa, inevitavelmente gera antagonismo, confronto, disputa, ódio, violência e destruição. Sua simples presença vai sempre prejudicar alguém. Suas palavras trazem brigas, desavenças, discussões. Seu poder vem da desgraça e seu destino é espalhar desarmonia pelo mundo.

E ela não se  sente culpada, não assume seus estragos, não tem a menor empatia por suas vítimas, jamais se desculpa ou sensibiliza. Éris jamais pede perdão. Apenas lança seu pomo da discórdia e observa a cólera que causou.

A lenda mais famosa conta como ela provocou a guerra de Tróia.

Não sendo convidada para o casamento de Peleu e Tétis, (quem quer chamar a discórdia pra sua festa?) indignada, resolveu dar as caras, independente da rejeição.

Ela foi mais pra se vingar, pois a vingança é um dos maiores prazeres dessa deusa competitiva. Com uma raiva danada das mulheres, ofereceu para Hera, Atenas e Afrodite, deusas que detestava, uma maçã de ouro.

“Essa maçã é um presente para a mais bela”, lançou já sabendo da polêmica discussão que causaria.

Zeus, todo poderoso, pede para Príamo, rei de Tróia, intervir na competição. O rei, por sua vez, designa seu filho Páris para resolver a questão e fazer a tal escolha.

As deusas se alvoroçam, vaidosas como todas as deusas, e cada uma oferece à Páris um presente para ser a escolhida.

Hera, também chegada a uma intriga, oferece a ele o poder político e a astúcia de ser o mais forte.

Atenas, figura guerreira e dona de vários atributos, lhe promete estratégia e habilidade na batalha e a possibilidade de ser o mais sábio.

Finalmente Afrodite, dona de beleza inigualável, oferece à Páris a mais bela de todas as mulheres do mundo, Helena.

Atraído pelo poder de tamanha sedução, Páris escolhe Afrodite pra receber a maçã, oficializando a deusa como a mais bela e afrontando (para a delícia de Éris) a imediata ira e inveja de Hera e Atenas.

O truque da nossa deusa da discórdia era o fato de Helena ser casada com o rei Menelau de Esparta. Lembrando aqui que o exército espartano era de arrasar qualquer um.

Páris então rapta Helena e começa assim a famosa guerra de Tróia, onde o príncipe destrói a sua própria cidade.

Tudo isso decorrência do poder maligno da Mãe dos Males, a deusa da discórdia, que cada vez que aparece torna tudo pior.

E é bom lembrar que essa energia ruim continua se alastrando em volta de nós, se espalhando pelo mundo, assumindo vários disfarces e provocando uma série de nefastos eventos.

Preste atenção, se você detectar alguma pessoa com as características de Éris, se afaste imediatamente.

Detecte gente que se alimenta da maldade, que prejudica os outros, estimula a violência e não tem empatia por ninguém. Gente que não se arrepende, não sente remorsos, gente falsa que mente descaradamente, gente que seca plantas, que quer que todos se danem.

Gente que traz o mal, a égide de Éris e a capacidade de acabar com a sua vida.

Quando encontrar uma pessoa assim, fuja. Preste atenção nos sinais antes que seja tarde demais.

 

Voltar

Compartilhe com seus amigos

0 Comentario(s)

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *