O saber esperar com paciência

Como anda a sua paciência? Nesse mundo cheio de pressões, mudanças, prazos, onde o exponencial é a medida, e tudo acontece com uma rapidez absurda, ser capaz de esperar pelo momento certo torna-se uma meta cada vez mais impossível de cumprir.

Não conseguimos mais praticar o exercício da espera. A impaciência e a ansiedade são as diretrizes que regem nosso comportamento.

Passamos pelas coisas como um trem bala, sem conseguir fixar nossa atenção e queremos tudo pra ontem. E quem tem tempo pra fazer diferentemente?

Como diz Osho, em “Zen: The Diamond Thunderbolt”, a existência inteira espera pelo momento certo. A natureza sabe bem disso: o momento da árvore florescer e o de deixar que as folhas caiam para se renovarem e completarem o seu ciclo. Tudo é uma questão de espera. E de paciência.

No entanto o tempo é o nosso maior tesouro. Pode ser difícil aceitar a espera, mas ela tem um lugar muito especial nas nossas vidas. O momento da pausa.

Na impermanência das coisas temos que aprender a nos  concentrar em nós mesmos e compreender que no silêncio e na espera, existem grandes descobertas.

São momentos preciosos em que alguma coisa germina dentro da gente e começa a se desenvolver. A espera do casulo que ainda não virou borboleta.

Existem momentos em que saber esperar é a nossa força.

A semente já foi plantada, a criança está crescendo no útero, a ostra está cobrindo o grão de areia para transformação e aí surge a pérola.

Voltar

Compartilhe com seus amigos

11 Comentario(s)

Maria Bernadete disse:

Nossa, bem dizem os sábios, que há tempo para tudo, desde junho me encontrei com essa forma nova e adorável de buscar a paz. Recebi reiki, estou em um estado de espiritualidade muito profundo, e assistindo um programa na tv, me deparei com vc, Bruna, linda e cheia de vida, vivendo td o que estou começando a entender agora…que bom que o tempo foi generoso comigo e me deixou viver esse presente lindo! Estou curtindo a sua página…bjs!

Flávia Pinto da Câmara disse:

Bruna, bom dia! Bom dia a todos. Sempre acompanhei de longe suas empreitadas, seja na dramaturgia, na literatura, mas no momento estou mergulhando de cabeça nessa sua linda ideia de criar um espaço como esse, de troca de experiências,de busca por uma vida plena e em paz..tarefa das mais difíceis, a meu ver. Creio que será de grande valia para minha vida, já que estou passando por um momento de escolhas e mudança de rumo. Gratidão!

Karlla Burger disse:

Mesmo com todos os ensinamentos é tarefa difícil ter paciência p esperar, principalmente para esperar pelo desfecho de algo que ansiamos é que nos afeta e aflige. Essa p mim é uma das práticas mais difíceis.
Amei sua entrevista na tv cultura e sou sua fã desde Diadorim, bjo

Liliane Ramos Albuquerque disse:

Gostei muito da reflexão,da ideia da rede felicidade.

Selma Maria Moggioni Coimbra disse:

Demais essa Rede!! Esse cantinho!! Esse momento!! Tinha que ser criação sua Bruna, vc é linda por fora e dentro!! Bjs

Mara isa disse:

Lindo! Amei o cantinho de vc Bruna. Bj

Euzebio Firmino disse:

Não conhecia este lado da Bruna, hoje a vi no Altas horas e fiquei curioso com o seu comercial de seu Blog(pagina), e, resolvi dar uma olhada , como disse não aconheço, porém, diga me o que gosta de ler que direis quem és.
Acredito que seja um ser a procura da “Serenidade”, esta em busca do seu despetar , parece que já sabe o que ocorre com o seu “Ser”.

Gostaria de houvir o seu comentario a respeito desta minha colocação.
Luz,Vida e Amor!

Flávio Luiz disse:

Namastê, Bruna querida!
Estou encantado com o teu cantinho, rf.
Um beijo no teu coração!

elida lopes disse:

gratidão.

Tânia Gonzaga disse:

Fã incondicional. Força e fé pra você e pra todos nós.

Gisele disse:

Que profundo Bruna. Adoro e admiro você! Muita Luz:))

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *