Mente alerta

A gente precisa mexer o corpo, fazer exercícios pra não enferrujar… mas e a mente? Muita gente não faz ideia de como exercitar a mente pode ajudar. Temos que prestar atenção e cuidar bem do nosso cérebro. Se você anda esquecido, cansado e com dificuldade de concentração, aqui estão alguns passos para você começar a deixar seu foco em dia:

Escutar, discutir, debater

Escutar uma explicação sobre o que você ainda não conhece ou ouvir uma opinião diferente da sua sobre um assunto, faz bem e deixa sua mente mais alerta. A gente precisa de desafios e temas que nos provoquem e apaixonem.  Coisas que façam a gente pensar.

Participe de palestras, seminários gratuitos promovidos por centros culturais, assista entrevistas inteligentes, você pode buscar vídeos aqui mesmo na nossa Rede Felicidade link para gente de expressão. Seja qual for o assunto, ampliar seu pensamento vai fazer muito bem para a sua mente.

Resolver problemas

Todo mundo reclama quando tem problemas pra resolver, exceto os advogados que ganham uma fortuna pra isso… rsrsrs. Mas a verdade é que resolver problemas faz a mente trabalhar e progredir.  Quem não tem problemas na vida, acaba encolhendo sua capacidade de ação em todas as áreas.

Exercite sua mente com os problemas que aparecem e quando não tiver nenhum, faça jogos, charadas, palavras cruzadas e assista coisa que estimulem sua mente e sua imaginação.

Ter flexibilidade e dar chance para o novo

Ter uma mente flexível é fundamental para o nosso crescimento e saúde. reparem , por exemplo, a diferença entre um galho de  madeira rígida, que se quebra e o bambú, que se dobra e nunca se parte. Dessa maneira funciona nosso cérebro, ele se desdobra, cresce com novas idéias, cria novos departamentos, se ramifica, amplia nossa capacidade de pensar e de entender.

Para isso é importante saber aceitar coisas novas, não ficar apenas preso em hábitos fechados e compartimentos estanques.

Ouvir música

Não importa o tipo de som que você curte, o importante é que a música que você gosta deve estar presente em sua vida porque ela te ajuda a viver. Toda música faz sempre muito bem para nossa mente. O som tem a capacidade de curar, dar leveza, acalma e ajuda a relaxar depois de um dia cansativo, faz a gente se sentir mais alegre, olhando a vida com outra perspectiva, a gente lembra de momentos felizes, e até nos estimula pro amor…  Faça da música sempre sua grande companheira!

Mudar os móveis de lugar

Você já tentou mudar a posição de coisas na sua casa, repensar o lugar do sofá, por exemplo?  Pensar em realocar, mudar e rever móveis espaços, faz muito bem pra nossa cabeça.  E sempre que puder, mude o lugar das coisas dentro de armários e gavetas. Planeje uma nova ordem, reveja espaços e pense diferente.  Isso também exercita seu cérebro e faz ele se adaptar às novas mudanças.

Visitar novos lugares

Que tal ir a um parque, uma exposição em cartaz, um museu que você nunca entrou? A cidade é cheia de cantos que a gente nem conhece.

Ou experimentar novos caminhos para o trabalho ou quando for levar seu filho pra escola. Vale também olhar pra sua própria rua e reparar mais nela, descobrir um olhar novo.

Mesmo dentro da sua rotina, você pode reparar melhor em coisas pelo caminho e ao seu redor, que você nunca reparou. Essa é uma boa maneira de trabalhar o cérebro.

Começar um novo curso

Com certeza existe alguma coisa que você sempre quis aprender, como tocar um novo instrumento, aperfeiçoar seus talentos na cozinha, pintura, marcenaria ou na jardinagem...

Tente sempre aprender alguma coisa nova.  Existem cursos gratuitos online,  nunca é tarde para fazer o que você gosta. A vida possibilita um eterno aprendizado e aprender faz bem pra cabeça.

Com essas pequenas atitudes você já pode fazer uma grande diferença para que seu foco e concentração fiquem mais afiados e sua mente mais alerta.

Pratique mindfulness que significa atenção plena.

Voltar

Compartilhe com seus amigos

4 Comentario(s)

Anna Soares disse:

Hj nao da dps comento ok? Bjs Dicas d livros otimas saber ler emocionar se ..conversar..ouvir..compreender
Compadecer se …rir c a alma .olhar no olho .abraçar .. nunca ocuparao espaços..dps cont…bjsobgada

Rafael Farias disse:

Gostei da matéria, ” Mente alerta ” , tenho uma caracteristica p/ me manter c/ a minha ” mente alerta “, não esquecer quem somos,o que já aconteceue etc….. pois manter a mente alerta sempre pede uma dualidade, um ” duelo ” entre duas ou mais pessoas, senão pq manter a ” mente alerta ”
Podemos até entrar em competição c/n´[os mesmos, como vc mesma descreve, mas uma caracteristica da ” mente alerta ” é a dualidade , o confronto, o conflito, o duelo e coisas assim….
Eu costumo nunca esquecer de mim, a minha situação na hora, como eu sou, pois confronto exige isso, ” VOCÊ ” , você luta c/ as suas caracteristicas contra seu oponente, querendo vencer esse confronto .
A dualidade acompanha a ” Mente alerta “, se vc não estiver ” alerta ” vc perde, como se diz vc tem que estar ” ligado ” !!

Anna Soares disse:

Boa noite lembro me de sentar no beirol.do predio.q morava juntava a turminha e uma.ou.outra q passava e tocava violao e faziamos um coro.legal .Uauuu simples na calçada e tambem amava contar placas repetidas nos finais …como vejo agora que ali no meu tecanto sem net sem.tv sem radio.sem.nada era feliz e nao sabia tinha calor sabe um.calor que já nao sinto nem vejo mais um calor verdadeiramente sincero ..humilde.sem ambiçoes humano mesmo .Hoje infelizmente nao se sente mais essa entrosacao..mas ainda estou a acreditare em alma com.alma pois meu auau tem olhado muito com.um.olhar triste mas assim paralisado para o corredor de acordo com.minha intuiçao sao anjos ja que ele cuida de mim.e eu dele tenho premoniçao que anda vendo anjos mais que eu ..meus anjos sao meus mentores que os chamo sinto e raramente vejo os …por isso estou aqui chamo meus anjos da terra meus anjos celestes Deus e Nsra e louvo os .falo .prosto .pois poucas pessoas as sem fé nem.se falam aguentariam longos anos minha e dele barra …nao e de chocolate so se for aquele baratinho de cereja ou amargo rsrs bjs linda amiga Deus te dê a pazzzz.

Anna Lia disse:

Quando eu era criança minha avó pegava a cadeira e sentava na calçada e falava pra mim e para meus primos: agora vou fazer exercício para minha cabeça. Ela ficava contando mentalmente quantos carros passavam na rua, quantas bicicletas, cachorros, homens, mulheres, crianças… A gente ajudava ela, achando a maior graça na brincadeira. Mudava os móveis de lugar sempre, fazia palavras cruzadas e ficava aprendendo outras línguas sozinha.
E sempre dizia pra gente nunca dar lugar ao ócio. Esse post me fez lembrar dela.❤

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *