Ciclo das mulheres

Nós mulheres, somos cíclicas como a Lua. Há momentos em que estamos irradiando Luz, com toda beleza e sutileza das águas e há momentos em que estamos mergulhadas em nós mesmas, lidando com nossas sombras. Reconhecer estes ciclos é uma grande chave de autoconhecimento para aprender a se respeitar. Nós passamos pelas 4 estações do ano a cada mês.

Temos o nosso Inverno em que sentimos um chamado para nos recolher, onde corpo e o coração pedem um instante de autocuidado.

Na nossa Primavera florescemos e com graça, permitimos nos abrir como verdadeiras flores.

O nosso Verão é como se estivéssemos brilhando como o Sol, com mais autoconfiança e energia.

E quando chega nosso Outono, é tempo de colheita, das sementes que plantamos e começam a gerar frutos.

E então, a cada ciclo, começa tudo de novo. Com a Sabedoria, a Força e a Beleza contida em toda mulher. O Sagrado Feminino está em cada detalhe da Natureza. Uma semente na Terra, brota. Uma semente na mulher, brota. Portando é essencial compreender a importância de cultivar sentimentos com leveza, pensamentos claros, hábitos que nos façam bem, palavras harmônicas, conexões saudáveis e felizes. Afinal, o que estamos plantando dentro e fora de nós?

Carla Labate Atriz, professora de yoga e meditação, com o propósito de compartilhar consciência através da arte labate.carla@yahoo.com.br
Voltar

Compartilhe com seus amigos

3 Comentario(s)

Tom disse:

Não poderia esperar nada menos vindo de você, um texto lindo, delicado, vivo, com toda doçura do Feminino Sagrado.
São leves palavras que fazem nosso coração brilhar!

Tom
Om Shanti

João bispodossantos disse:

Sim as mulheres.sao algo divino.q nus .deu a vida i nus ensina a amar.todos os momentos .das.nossas.vidas.

Carla Labate disse:

Obrigada sempre a todos da Rede Felicidade! ♡

Comente esta publicação:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *